Fashion, Looks
comments 3

Thankfull

Thank you!

Ontem foi dia internacional do obrigado… e fiquei a pensar. (coisa rara vá) Às vezes perco tanto tempo a pensar no que não tenho. Acabo por esquecer o quão grata devo ser por tudo na minha vida. Acho que somos todos um pouco assim. Temos uma estranha tendência para que o menos bom pese mais na balança, mas porquê? Porquê que temos essa necessidade? Porque não direcionar o foco para aquilo que temos que nos faz bem?

Sou tão grata por tanta coisa maravilhosa que tenho. Vou enumerar-vos apenas algumas coisas que me fazem feliz e que me fazem dizer um grande obrigado!

Em primeiro lugar (e sempre em primeiro) tenho uma família absolutamente incrível. É verdade que não escolhemos, mas se por algum acaso, houvesse essa possibilidade, eu escolheria exatamente aquela que tenho. Só gostava que vocês os conhecessem para perceberem o quão ridiculamente bons eles são. É uma paródia constante! E por muito sozinha que me sinta, na verdade, sei que nunca estou! Nunca falha!

Depois, tenho outro grande obrigado. Esse, vai para os meus amigos que são incansáveis em aturar-me (e acreditem quando digo que é tarefa difícil). Seja nos dias em que tenho a minha energia a mil ou nos dias em que quero desistir de tudo. (sou um bocado bipolar) A verdade, é que eles estão lá para levar com os meus devaneios. Para me ouvir falar seguido sem parar. (faço isso com alguma frequência) Para me levantar quando bato mesmo lá no fundo ou para dançar comigo até de madrugada. Eles nunca me deixam esquecer que estão lá. E por isso um obrigada gigante, porque a minha vida era bem cinzenta sem eles!

Em terceiro lugar na minha lista (e vou parar por aqui – hoje) está o meu trabalho. E garanto-vos que uma percentagem muito grande da minha felicidade resulta do facto de me sentir realizada. Não totalmente, porque quero sempre mais. Mas amo aquilo que faço! Seja na RTP com os programas que faço todos os dias ou com o blog.

Sou uma sortuda por poder fazer aquilo que me apaixona. Nunca sinto que estou a trabalhar (embora sinta a responsabilidade como é óbvio), sinto sempre o tempo a voar. Sinto sempre um prazer enorme naquilo que faço. E, no final do meu dia, isso faz toda a diferença. Isso vence o cansaço. Isso faz-me andar em frente. Faz-me não parar e dá-me força para ultrapassar o que quer que seja. Amo amo amo, poder ser quem sou e poder trabalhar com pessoas tão maravilhosas e extraordinárias todos os dias!

Ontem foi dia do obrigado… hoje eu agradeço! ♥ Obrigada por este coração cheio!

About this look

Dizem que está na moda os collants de rede (fishnet é o nome mais indicado). Primeiro não sabia o que achar mas, depois de os ver em alguns looks fiquei rendida. Acho que não me vejo a usá-los com uma saia ou um vestido. Se bem que a Bárbara do My Kind of Joy fê-lo na perfeição – elegância máxima. Confesso, que gosto imenso de as ver com calças de ganga rasgadas. Gosto de as ver em apontamentos. Fica trendy. Fica cool e com uma pitada de sensualidade. E combinou na perfeição com o casaco mais cool de sempre! Babys, se tenho um casaco preferido neste momento é este! Não o largo. Juro que parece que não tenho mais o que usar. Já alguma vez gostaram tanto de uma peça que queriam estar sempre a usá-la? Pois bem, estou com esse síndrome com este casaco. Juntei  os ténis mais antigos que tenho (desde os 17 anos) e que estão super in novamente e, as calças mais rasgadas que tenho (uma vergonha eu sei). O que acham do resultado final? Até já ♥


They say that fishnet tights are in. First, I didn’t know what to think, but after seeing them in some looks I trully love them. I can’t see me wearing them with a skirt or a dress. Although Barbara from My Kind of Joy have done it perfectly. I confess, I really enjoy seeing them with ripped jeans. I like to see them in little apointments. It’s trendy. It’s cool. It adds a pinch of sensuality. And it matched perfectly with the coolest jacket I ever had! Babys, if I have a favorite coat this season is this one! I can’t stop wearing it. I swear it seems like I don’t have anything else to wear. Have you ever liked so much of a piece that you wanted to use it every single day? Well, I have this syndrome with this coat. I added my oldest sneakers and my most ripped jeans. What do you think of the final result? Talk to you soon ♥

(Visited 134 times, 1 visits today)

3 Comments

  1. Bárbara Marques says

    É bom, sermos gratos pelo que temos 🙂
    Estas fotos estão maravilhosas!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *