All posts tagged: ootd

Happiness Blooms from Within

“…  A NÃO SER QUE AQUELE COLAR CERVICAL PASSE A SER O MEU NOVO ACESSÓRIO DE MODA PREFERIDO! VAI QUE PEGA MODA!” Este semana andei por Lisboa (devem de ter visto no meu IG) e após a sessão de remoção de tatuagem ainda tive boa disposição para tirar estas fotos. Gosto tanto deste vestido que achei que tinha de o partilhar convosco. Por isso, ignorem a ligadura gigante que tenho na perna, teve de ser para a tatuagem não estar em contacto com nada! Entretanto, esta semana tive um incidente com o meu pescoço e vai ser praticamente impossível fotografar aqui para o blog, a não ser que aquele colar cervical passe a ser o meu novo acessório de moda preferido! Vai que pega moda! Mas vou mostrando estes últimos dias passados em Lisboa. Um beijinho e até já ♥

Oh no, pink again!

“RESTA-ME CONTINUAR A CORRER CONTRA O TEMPO E ARRANJAR FORMAS DE VOS COMPENSAR” Bem sei que já se passou uma eternidade desde que escrevi o meu último poste e desculpem-me por isso. Tento ao máximo conseguir fazer tudo a que me proponho, mas a verdade é que eu sou só uma e o meu dia só tem 24h! Gostava que assim não fosse. Gostava de ter pelo menos mais 4h por dia disponíveis. Que ideia tão parva, termos dias com 28 horas. Mas, com mais 4 horas conseguia acertar todo o trabalho em atraso! Podia, algumas vezes, dormir mais de 5 horas por dia! Com mais 4 horas conseguia, por certo, ter mais tempo para mim. Para ver amigos, para visitar família ou para dar atenção à minha Valentina! 4 horas faziam diferença, há se faziam! Não sendo possível, ando sempre com o meu relógio atrasado e desculpem por isso, mas não consigo fazer mais! Resta-me continuar a correr contra o tempo e arranjar formas de vos compensar! E em breve tenho um passatempo para …

Thankfull

Thank you! Ontem foi dia internacional do obrigado… e fiquei a pensar. (coisa rara vá) Às vezes perco tanto tempo a pensar no que não tenho. Acabo por esquecer o quão grata devo ser por tudo na minha vida. Acho que somos todos um pouco assim. Temos uma estranha tendência para que o menos bom pese mais na balança, mas porquê? Porquê que temos essa necessidade? Porque não direcionar o foco para aquilo que temos que nos faz bem? Sou tão grata por tanta coisa maravilhosa que tenho. Vou enumerar-vos apenas algumas coisas que me fazem feliz e que me fazem dizer um grande obrigado! Em primeiro lugar (e sempre em primeiro)

WHATEVER (kind of mood)

Ando sem vontade para nada! Sem vontade de fotografar, de escrever, editar… de estar com amigos, de ir ao ginásio… nada! Nada me tem suscitado interesse! O que, no meu caso, é muito estranho e um pouco grave até. Detesto o nada! Detesto não me ocupar. Mas entrei num género de looping de apatia desde o fim de semana. Help!!! “I need somebody… help, not just anybody” Preciso de sair deste modo tartaruga com urgência. Preciso de voltar ao ativo e parar de acumular trabalho. Preciso de parar de estar aborrecida e de bufar e de me arrastar… Alguma dica? Este foi o mood para hoje… pink! Um pouco diferente do que tenho vestido neste momento (all black look) mas ainda assim dentro do mesmo género. Muito comfy, muito girly e com uma pitada de estilo! As imagens são interativas bonecas, basta clicarem! O que acham?

2016 Resolutions

2016… No geral foi um bom ano, isto é, se tiver de medir tudo aquilo que aconteceu, o bom e o mau, no final o bom teve mais peso! E no final de contas isso é o que importa! É que a balança penda mais para o lado bom. Foi um ano sobretudo de construção. Um ano em que diariamente tive de me desafiar a mim própria e tive de crescer. Um ano em que evolui imenso como pessoa, tanto pessoalmente como profissionalmente. Um ano em que dia  após dia senti o crescimento. O blog cresceu (e obrigada a vocês que estão aí desse lado por isso), o meu percurso profissional tem sido fantástico (nunca imaginei gostar tanto de trabalhar em televisão) e eu cresci! Cresci porque aprendi a acreditar mais em mim, na minha pessoa e no meu valor. Cresci porque me foquei em soluções e não em problemas. Cresci porque encarei cada desafio de frente e de cabeça erguida. Porque cada vez que duvidei, enchi o peito de ar e pensei “I got …

OUT OF A FAIRY TALE

Holidays Fever E esse Natal como foi meus amores? O meu passou a voar! Começou já no dia 24 ao almoço, com a minha mãe, irmã e avó. Mais tarde, jantamos com amigos. No dia 25 fui para casa do meu pai e no final da noite fui visitar um amigo que está fora de Portugal e não tenho muitas oportunidades de ver. E de repente, lá se foi o Natal! Passou mesmo rápido! Confesso que já estava a ficar saturada destes dias e que já só quero que 2017 chegue. Esta época de festas deixa-me sempre um pouco nostálgica e só quero que a normalidade regresse. No geral foi um Natal passado com amigos e família. Recebi sobretudo muito amor e muito carinho, que é tudo o que realmente necessitava! E no final, é o que mais importa! 

LACE & VELVET

Christmas Fever O natal está quase quase aí e os dias para mim (semanas até) têm passado a voar! Tenho mantido as 24 horas do meu dia ocupadas e não há nada que me saiba tão bem neste momento. Não consigo sequer imaginar as coisas de outra forma. É verdade que relaxar e ter tempo livre faz bem, mas não sinto necessidade disso neste momento. Sinto que preciso mais de manter a minha mente ocupada. Seja com trabalho, com o blog ou com amigos. Ocupação é a palavra de ordem! E vocês? Como andam essas preparações para o Natal? Por falar nisso, preciso mesmo de tirar um tempo para me organizar e perceber o quê que ainda me falta fazer. Para não variar, vai ficar tudo para a ultima! Já compraram os presentes todos? Contem-me tudo…